Crônicas de Botequim

Home office

Home Office

Rubem Penz

Gigio entrou na sala

Piccolo entrou na sala

Marco entrou na sala

[Gigio abana] – Ciau!

[Piccolo faz positivo] – (…)

[Marco aponta para seu ouvido] – Ciau! Piccolo, seu microfono está desligado.

Dom Pepperoni entrou na sala

[Dom Pepperoni ajusta a câmera] – Ciau, ragazzi! Como ficou a tarefa de desligar as câmeras daquela esquina para o Piccolo fazer o serviço?

[Piccolo se explica] – (…)

[Didio aponta na tela] – Piccolo, ali abaixo tem tre pulsanti, um de microfono, um de liga-desliga e um de câmera. Clica no pulsanti do microfono…

[Marco faz relatório] – Padrinho, eu já falei com o pessoal da padaria, do posto de gasolina e… CAZZO! Foi minha Mercella quem passou ali atrás com uma toalha na cabeça?

[Dom Pepperoni gira o laptop] – Qui? No, no… Siga, Marco, siga.

[Marco pega o celular] – Solo un momento, deixa eu fazer uma ligação…

[Dom Pepperoni olha para o lado] piruliruli, piruliruli, piruliruli…clic

[Piccolo coloca as mãos na cabeça] – (…!!!!)

[Dom Pepperoni coça a testa] – Ragazzo, calmati, larga este telefono. Piccolo, Dio Santo, não escuto nada! Gigio, o que você ia nos dizer, mesmo?

[Marco liga novamente] – Este número está fora de área ou temporariamente desligado…

Marco saiu da sala

[Gigio dá o comando] – Piccolo, deixa que eu cuido das câmeras… Vai lá veloce pra casa do padrinho. Acho que ele vai precisar dos seus serviços antes.

[Piccolo segue falando] – (…?)

[Dom Pepperoni se altera] – Presto, ragazzo! Ma non sabe nem ligar o microfono!

Piccolo saiu da sala

Gigio saiu da sala

[Dom Pepperoni se afasta sem desligar] – Marcella, maldestro! Não viu que eu estava com os bambini qui no home office? Ma que sina de vedova, Dio Santo…

Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo