Crônicas de Botequim

Ideia para uma série de TV

Ideia para uma série de TV

Rubem Penz

Uma ideia para servir de roteiro para uma série de TV:

Nove personagens cumprem severas modificações em suas rotinas causadas por uma pandemia nascida de um vírus coroado. Ainda assim, adaptam-se: novas formas de trabalhar, transformações nas trocas familiares, hábitos antigos revisitados e novos problemas agora impostos. Passam semanas a lavar as roupas, cozinhar, limpar a casa, cuidar da saúde dos pais e dos filhos e dos irmãos e de si mesmos, tudo de maneira diferente. Porém, em um determinado momento, nem tão secretamente, todos os nove reservam um espaço de tempo para cumprir um desafio. Serão 12 ao total – e isso durará três meses.

É quando chega o dia e a hora cruciais (segundas-feiras, às 19h30).

Depois de receberem uma senha, entram os nove em uma sala virtual diante de um mentor (mentor, não – soa pretensioso) diante daquele que dispara os desafios e organiza o encontro. Então, leem em voz alta suas crônicas semanais, agora submetidas ao julgamento do grupo. Da mesma forma, são defrontados com a missão elevada de julgarem, igualmente, o texto dos colegas. Serão momentos transformadores na vida das personagens: escurtínio minucioso sobre a capacidade de cumprir o desafio criativo a todos lançado, balanço das dificuldades, exemplos de êxito. Mas, estranho, não há tensão…

Cada um por si, sorvem líquidos preciosos – cerveja, uísque, vinho, água mineral – deixando evidente o fato de que não deveriam estar ali. O certo, o esperado, seria estarem todos na mesa do bar, provocando-se, rindo junto, cadenciando a leitura com a intenção do gesto, com o movimento do corpo. E lendo com o canto da vista além do texto, as reações que aparecem ao redor. Dez pessoas a passar a limpo suas vidas, dispostas ao revelar-se controlado, comprometidas com o fazer literário. Aguardam, agora, o próximo desafio: qual será?

Existe uma vantagem imbatível ao acompanhar essa série: você não será mero expectador. Será protagonista. Viverá cada friozinho na barriga antes de sua leitura, experimentará as tantas surpresas de como os companheiros de grupo suplantaram, a seu modo, o disparo criativo. Terminará a temporada lendo melhor, escrevendo melhor e, o melhor de tudo, capaz de reconhecer as mais diversas estratégias de impactar futuros leitores. Será hábil em dominar as técnicas que transformam os cronistas prediletos em leituras obrigatórias. Reconhecerá sua voz própria.

Diferentemente das séries que nascem de livros, esta habilitará você para, em 2021, participar de outra série – maior, mais deafiadora – da qual nascerá um livro. O nome da série pode ser revelado: Aperitivo Santa Sede – crônicas de botequim. Por causas fora de nosso controle, crônicas de botequim fora dos botequins. E o elenco é limitado: inscreva-se o quanto antes nos seguintes canais: rubempenz@gmail.com ou contato@oficinasantasede.com.br ou WhatsApp (51) 99123-5540.

Não perca!

Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo