Rubem Penz

 

Já pensaram se, pela manhã, um locutor adiantasse os movimentos do nosso dia, parecido como acontece nas chamadas das telenovelas? Seria algo mais ou menos assim:

No dia de hoje, Victória se olhará no espelho ao escovar os cabelos e prometerá: “Vou tirar aquela história do Augusto a limpo com Adelaide”. Porém, mal sabe ela que Adelaide está ao telefone tramando uma intriga ainda maior, agora com a ex-sogra do rapaz. Enquanto isso, Augusto passará no Hospital de Clínicas para visitar dona Esther. Sem saber, reencontrará uma antiga colega de colégio. Ela o convidará para um café ali na Ramiro – prenúncio de um novo amor.

Hoje, na casa dos Souza, Aurélio fará uma importante revelação durante o almoço: fora preterido na vaga de vendedor temporário na C&A justamente pelo irmão mais novo, Zé Cláudio, desmascarado durante uma garfada de guisado com farofa. Dona Otília confidenciará com Juca, o jardineiro do condomínio defronte, ter visto a menina Helena Júlia saindo às duas horas da manhã para a balada: “Mas se eu disser para a mãe dela, ainda passarei por fofoqueira”. Seu Juca lembrará da infância, quando pulava a janela do quarto para ficar espiando na janela basculante do Bailão da Scharlau, trepado sobre engradados de cerveja. Dona Otília perguntará: “O que tem isso a ver, seu Juca?”.

Não perca a eletrizante manhã de Maria da Glória! Começará agitada, numa corrida insana para não perder o último T5 decente, pois, dali em diante, todos costumam passar lotados. Arfando, enquanto procura pelo cartão TRI na bolsa, verá o irmão Josué (casado) no fundo do ônibus num papo muito suspeito com uma falsa loira. No restaurante, seu Olavo a espera com uma terrível notícia – Adelino se envolveu num acidente de trânsito e as verduras só chegarão minutos antes do almoço. Conseguirá Maria da Glória colocar a salada no balcão do bufe antes de abrirem as portas? E, se conseguir, estarão corretamente higienizadas?

Ainda hoje, veremos que Everton perderá o colete de titular no treino das categorias de base para Arturzinho, o novato que fora indicado pelo poderoso Dr. Ananias. Quando reclamar com Lourenço, o massagista, saberá dele que o menino ficará pouco tempo: “Um olheiro do Santos está na cidade… Parece que vem espiar o treino justo hoje. O plano é venderem Arturzinho…”. Inconformado, Everton abandonará o treino para procurar seu Thomé, que tem amigos na rádio. Pretende vazar a notícia de suborno nas negociações. Seu Thomé o dissuade: “Estamos no Brasil, garoto. Vai lá e trata de jogar melhor!”. Everton chegará chorando em casa para ser recebido e consolado por dona Inês.

Crônica publicada no Metro Jornal em 25.11.14

 

 

 

 

Textos Relacionados

Comentar

Your email address will not be published.