ColunasMetro - Porto Alegre

Coluna do Metro Porto Alegre 31.10.2012

COM VOCÊS, NOSSA SANTA SEDE
Resgatar para os encontros o hábito dos maiores cronistas do Brasil, que deixavam a redação dos jornais em grupo para terminar o dia (ou começar a noite) nas mesas de bar. Eis a proposta fez nascer minha oficina literária & livro Santa Sede, crônicas de botequim, em seu terceiro ano. O que pode parecer esperteza, combinar trabalho com boemia, é, na verdade, muito sério: devolver a crônica ao seu habitat natural – a vida ao rés do chão.
O resultado é mais do que positivo. A soma do ambiente descontraído e rico dos bares, a simpatia dos garçons e o aditivo dos petiscos e das bebidas potencializa a sensibilidade e reforça os laços. Desde os primeiros minutos, já não vemos orientador e alunos: são amigos esmiuçando a existência em cada texto. Enriquecemos nosso repertório com os diversos pontos de vista, ao mesmo tempo em que aprimoramos a técnica.
Por falar em técnica, exploramos várias formas da crônica com base em autores consagrados. Nos temas, cada componente estará obrigado a criar suas linhas seguindo modos que, necessariamente, influenciarão o resultado final. Mesmo os mais experientes veem-se defrontados com desafios constantes para compor e apresentar peças com brilho.
Renovo a turma todos os anos. Desde já, estou selecionando autores para a oficina seguinte, dando prioridade para jornalistas, escritores que passaram por outras oficinas literárias e amigos nos quais identifico potencial. Admiro os cultos, preciso dos criativos, mas dou preferência aos generosos, simpáticos e inquietos. São nove disputadíssimas vagas.
Convite: neste domingo (04/11) lançaremos a Santa Sede – crônicas de botequim, Safra 2012 (Ed. Literalis) na 58ª Feira do Livro. Será no Memorial do RGS, 18h. Turma linda e antologia imperdível. Como nas safras anteriores, deixará saudade.
Para quem não chegar do feriado, temos uma segunda chance ainda mais bacana: segunda-feira à noite (05/11) será a vez de autografarmos lá onde a oficina aconteceu, no Boteco Apolinário – José do Patrocínio, 527. Todos são meus convidados: venham conhecer o livro e o projeto. Sem falsa modéstia, recomendo.
Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo