1 de outubro de 2019

    Sobre as melhores dificuldades

    Sobre as melhores dificuldades Rubem Penz Certa vez ouvi da Clara uma frase mais ou menos assim: “Pai, não é…
    24 de setembro de 2019

    Tony Ramos morto a tiros

    Tony Ramos morto a tiros Rubem Penz Uma das mais divertidas lembranças que tenho da infância e juventude remonta o…
    17 de setembro de 2019

    Quando controle vira vício

    Quando controle vira vício Rubem Penz Não é só álcool, drogas, sexo, jogos ou redes sociais que viciam. Descobri da…
    10 de setembro de 2019

    O tal

    O tal Rubem Penz Considerava-se o tal. Porém, todos na cidade sabiam que seu pai, aquele sim, era o tal.…
    3 de setembro de 2019

    Setembro

    Setembro Rubem Penz Em meu primeiro setembro tinha dias de vida e nada sabia sobre saberes, sobre vida ou sobre…

    textos + recentes

    • Pedra Papel e Tesoura contos de oficina 38

      Photo of Pedra Papel e Tesoura contos de oficina 38

      Como inovar em uma trigésima oitava Antologia? Este foi o desafio auto-imposto pelos componentes da Oficina de Criação Literária da PUCRS de 2007, sob orientação de Luiz Antonio de Assis…

    • Número 292

      AS TRINCHEIRAS DA ETERNIDADEMúltiplas obras de ficção, tanto de literatura como adaptadas ao cinema, projetam um futuro aparentemente sombrio: homens despidos de suas conquistas tecnológicas e sujeitos, outra vez, às…

    • Número 291

      EMENDAS E SONETOQuerida, Se você está lendo esta carta, é porque abriu a gaveta que era só minha. E, prosseguindo na busca de documentos, é certo que chegará ao envelope…

    • Número 290 + 2 convites

      Olá! Quer se encontrar comigo na 54º Feira do Livro de Porto Alegre? Dia 7/11, sexta-feira, 20h, estarei autografando Pedra, Papel e Tesoura ‒ Contos de Oficina 38, junto com…

    • Indicação para pêmio

      Com alegria trago uma boa notícia aos leitores do Rufar dos Tambores: o blog foi indicado finalista do 1º Prêmio Gaúcho de Arte Eletrônica. Desde já, divido esta honra com…

    • Número 289

      SAUDADE NA PONTA DOS DEDOS Muita gente tenta entender a saudade. Muita gente tenta explicá-la. Outros tantos a cantam em versos dedicados (delicados?). Sevem-se de sua natureza de contrastes –…

    • Número 288

      ACHADOS E PERDIDOSO que é a leitura de crônicas, senão uma visita periódica à sala de achados e perdidos? Dessas que fazemos pela força do hábito, quase como o abrir…

    • Número 287 e convite

      Convite:Lançamento de Ponto de Partilha I,organização de Valesca de Assis & Rubem Penz, Ed. KalligraphosTenho o imenso prazer em convidar você para a tarde/noite de autógrafos dos autores oriundos das…

    • (Mini) Conto Contíguo

      Ponto final‒ Hei! Olá, você aí em cima: procurando o quê, dependurado nessa interrogação?

    Botão Voltar ao topo
    Fechar