25 de fevereiro de 2020

    A infalível teoria do dobro

    A infalível teoria do dobro Rubem Penz Avanços na saúde e bem estar elevam a expectativa de vida dos brasileiros. …
    18 de fevereiro de 2020

    Por fora das bolhas

    Por fora das bolhas Rubem Penz Afronto um dos primeiros ensinamentos da crônica, o qual diz que jamais devemos pedir…
    11 de fevereiro de 2020

    Bem-te-vi!

    Bem-te-vi! Rubem Penz Depois de perder o sono, e de ficar uma hora girando na cama, nada resta se não…
    28 de janeiro de 2020

    Tô me guardando, pra quando?

    Tô me guardando, pra quando? Rubem Penz Quer coincidências? Quase na mesma semana, o depoimento de uma das minhas tias…
    21 de janeiro de 2020

    O primeiro consenso

    O primeiro consenso Rubem Penz Desde a redemocratização, raros foram os instantes em que estivemos livres da armadilha do “nós…

    textos + recentes

    • Número 233

      ANTES QUE SEJA TARDE * Com força popular e com vontade política, a ética há de se espalhar com toda a intensidade. Com força de caráter e com vontade de…

    • Número 232

      UM NOME SINGULAR   Vou tratar de um tema que todos conhecem bem: nossos nomes. Existem duas formas de escrever o nome próprio de alguém: a certa e a errada.…

    • Número 231

      SOBRAM ABACAXIS. FALTAM ABACAXIS.   Quanto pior, melhor. Esta parece ser a regra da comunicação em massa. Programas de auditório e sites de entretenimento (tipo youtube) se abastecem de figuras…

    • Número 230

      A COBRAR   Juarez, cinqüenta e dois anos, engenheiro de vendas, casado, dois filhos, enfarta com as chaves do carro na mão. A morte não estava em seus planos de,…

    • Número 229

      A COMISSÃO   Atualmente, a população humana está na casa dos bilhões, e não pára de crescer. Por isso, mesmo reconhecendo a onipotência Divina, desconfio que o Todo Poderoso está…

    • Número 218

      CONDENADOS   Está na resolução n° 245 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran): a partir de agosto de 2009, todos os carros zero quilômetros deverão sair das montadoras já equipados…

    • Número 227

      ÓRFÃOS   É complicado ser órfão no Dia dos Pais: um patinho feio que será esquecido por todos os anúncios e cartões da data. Pai morto não ganha furadeira ou…

    • Número 226

      A LINHA TÊNUE   Bezerra entra na loja de armarinhos do Turco. Primeira vez. Seu ar é de desconfiado. Freguesa, é sua Madalena – comprara lá desde os lençóis do enxoval,…

    • Número 225

      DOIS PEITOS, DUAS MEDIDAS   Sou igual a muitos: Adoro o esporte e tudo o que ele traz de positivo para a sociedade. Por isso, acompanho com atenção Copas do…

    Botão Voltar ao topo
    Fechar