26 de maio de 2020

    A tal excelência

    A tal excelência Rubem Penz Quantas pessoas estão dispostas a pagar o preço cobrado para alcançar a excelência? Essa dúvida…
    19 de maio de 2020

    2020 em drágeas

    2020 em drágeas Rubem Penz Saudade, saudade mesmo, tenho de escutar “leva um casaquinho”, e isso bastava para não ficarmos…
    12 de maio de 2020

    Nostradamus

    Nostradamus Rubem Penz Estou estranhando, estranhando muito, sua ausência. Onde andará Nostradamus numa hora dessas? Parece inacreditável que, desde fevereiro,…
    5 de maio de 2020

    Máscara*

    Máscara* Rubem Penz   Máscara, Máscara Nunca é tarde, nunca é demais Onde estou, onde estás Meu amor, vem me…
    28 de abril de 2020

    Bons pais

    Bons pais Rubem Penz Finda abril, começo a ver lindos comerciais de TV a enaltecer o papel das mães. Comovo-me…

    textos + recentes

    • Número 218

      CONDENADOS   Está na resolução n° 245 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran): a partir de agosto de 2009, todos os carros zero quilômetros deverão sair das montadoras já equipados…

    • Número 227

      ÓRFÃOS   É complicado ser órfão no Dia dos Pais: um patinho feio que será esquecido por todos os anúncios e cartões da data. Pai morto não ganha furadeira ou…

    • Número 226

      A LINHA TÊNUE   Bezerra entra na loja de armarinhos do Turco. Primeira vez. Seu ar é de desconfiado. Freguesa, é sua Madalena – comprara lá desde os lençóis do enxoval,…

    • Número 225

      DOIS PEITOS, DUAS MEDIDAS   Sou igual a muitos: Adoro o esporte e tudo o que ele traz de positivo para a sociedade. Por isso, acompanho com atenção Copas do…

    • Número 224

      A ERA DE AQUÁRIO   Faz muitos anos, se não me engano em 1979, o mundo inteiro aplaudiu um musical cinematográfico adaptado do teatro chamado Hair Musical. Na peça, quarentona…

    • Número 223

      A MARAVILHA ERRADA   Até poucos dias atrás, quando alguém creditava a si um valor imenso, desproporcional, argentino, dizia-se: O cara – ou a menina – se acha a oitava…

    • Número 222

        O TAL COELHO   Magia pura: diante de uma platéia agitada, o homem entra no palco de fraque, capa e cartola. Despe-se da capa em uma coreografia grandiloqüente. Avança.…

    • Número 221

        TRÊS AMIGOS   São três amigos inseparáveis: um, sempre o sujeito certo na hora errada; o outro, aquele errado na hora certa; o cara certo na hora certa é…

    • Número 220

        HISTÓRIAS PARA ACORDAR   E ra uma vez, num reino longínquo, Mamãe, chefão do morro que o bosque margeia. Um dia, chamou a bela Chapeuzinho Vermelho para sua casa.…

    Botão Voltar ao topo
    Fechar