Por um risque e rabisque

Rubem Penz Estou por um risque e rabisque para ter a vida organizada. Preciso apenas lembrar de comprá-lo. Para quem não sabe do que se trata, trato de explicar: risque e rabisque é um grande bloco de fol...

O nó cego das escolhas

Rubem Penz Coincidiu neste final de semana de eu conversar com dois jovens aflitos em busca de respostas diante de algumas escolhas para os rumos de suas vidas. Para um deles, fui um conselheiro conservador:...

O algoritmo dos sonhos

Rubem Penz Então, para orgulho dos robôs e desespero de Freud, criei a possibilidade de interferir nos meus sonhos com bases em algoritmos, a exemplo do que acontece na realidade virtual (o que guarda algum ...

Santa Sede com inscrições abertas para 2016/2

  A Santa Sede, crônicas de botequim é uma oficina literária nascida em 2010 com o objetivo de devolver o gênero ao seu habitat natural: a mesa de bar. Afinal, foi neste ambiente descontraído e místico ...

Graças a, apesar de

Rubem Penz Ao taxiar em terra, acelerando a partir da cabeceira da pista, o avião decola graças à espantosa força de suas turbinas, apesar das toneladas de metal, carga, combustível e passageiros que leva co...

BM orienta: #utilidadepublica

Rubem Penz “Procure carregar somente o necessário pela rua” – Boa tarde, gostaria de fazer um BO. É que fui assaltado faz meia hora. – Sem problemas. Tá difícil, né? Diz aí: levaram muita coisa do senhor? ...

Conscientização e empoderamento

Rubem Penz Na minha juventude, dez entre dez textos que se propunham a questionar, avaliar e transformar as coisas continham a palavra conscientização. Não uma só vez: em diversas frases. Salvaríamos o mundo...

Redemoinhos acerca do vento

Rubem Penz O vento, esse ar com tamanha pressa em andar de lá para cá, sempre que aparece compõe e decompõe o entorno. Verdadeiro pincel da Natureza: ora represa as águas, ora ergue ondas; ora apaga o fogo e...

Nessun Dorma Remix – por Apavarotti

Rubem Penz Ninguém durma! Ninguém durma! Tu também, ó sutil empresário. Em teu potente jatinho olhas propinas que se justificam com esperteza e ganância. Mas o teu mistério está fechado em mim – o meu nom...