Exame oftalmo(i)lógico

Rubem Penz Há uma nova estratégia para angariar militantes na política brasileira com mais segurança, denominado exame oftalmo(i)lógico. Trata-se de uma ferramenta extremamente útil para medir a visão seleti...

Tsunami versus conta-gotas

Rubem Penz No encontro das horas, nos pratos da balança, nos exames de consciência, vamos de mal a pior, ou de mal a melhor? Boa pergunta. E pude auferir algumas respostas na semana passada, pois tive...

Por um risque e rabisque

Rubem Penz Estou por um risque e rabisque para ter a vida organizada. Preciso apenas lembrar de comprá-lo. Para quem não sabe do que se trata, trato de explicar: risque e rabisque é um grande bloco de fol...

Das coisas que aprendi nos discos

Rubem Penz Como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo foi permeado, de alguma forma, pelas canções de Belchior, compositor cearense falecido neste domingo. Por dois motivos, um nada trivial e outro bem prosa...

Manhã meio mal-assombrada

Rubem Penz Hoje a casa resolveu conversar comigo. Talvez ela nunca tenha se calado, eu apenas estivera desatento. Ontem ou anteontem, o que havia de diferente? Ganhamos novos silêncios? Sei lá... Por isso co...

A outra face da esperança

Rubem Penz Você conhece este roteiro: há um conflito de grandes proporções, o qual pode abarcar cidades, países, reinos, planetas, civilizações, eras, o universo inteiro; convicções políticas e construções m...

O nó cego das escolhas

Rubem Penz Coincidiu neste final de semana de eu conversar com dois jovens aflitos em busca de respostas diante de algumas escolhas para os rumos de suas vidas. Para um deles, fui um conselheiro conservador:...

Violência, esgrima e xadrez

Rubem Penz O embate entre dois esgrimistas pode ser definido como a aceleração extrema de uma partida de xadrez. Os deslocamentos espaçados no tabuleiro, dependentes do tempo demandado por cada um dos oponen...

Donde há de vir e julgar

Rubem Penz E se depois de tudo, lá adiante, num dia qualquer de sol ameno, cálido, lembrar do amigo por ele ter o zelo de servir um café temperado com cravo da índia, explicando o quanto isso suaviza o amarg...

Nos giros da madrugada

Rubem Penz Decúbito dorsal, desperto. Sonhava. É incrível como há sonhos que roubam nosso sono. Sonhos confusos como só eles sabem ser: misturam-se pessoas, tempos, lugares. Quem está não poderia estar; ao v...