Redemoinhos acerca do vento

Rubem Penz O vento, esse ar com tamanha pressa em andar de lá para cá, sempre que aparece compõe e decompõe o entorno. Verdadeiro pincel da Natureza: ora represa as águas, ora ergue ondas; ora apaga o fogo e...

Lua de Sangue atrás das nuvens

Rubem Penz A tela da TV mostrou para mim a Lua de Sangue. Saí para a varanda e vi apenas nuvens. A tela do smartphone revelou para mim a superlua. No meu céu, nuvens. No jornal do dia seguinte, a coincidente...

À la minuta e suas variações

Rubem Penz Andar pelas ruas da cidade faz toda a diferença. Na caminhada, a velocidade permite desfrutar de nuances jamais imaginadas. Uma delas, talvez nada importante, porém muito divertida, é ler placas d...

Dois sonhos, duas medidas

Rubem Penz Era uma vez um menino com um sonho, um lindo sonho. Tão lindo, a ponto de ele ficar com medo de outras pessoas sonharem igual. Então, procurou um renomado mercador e comprou uma gaiola transparent...

Vertigem, amor, tempo e cicatrizes

Rubem Penz Tenho medo de altura. Não um medo severo, paralisante – tanto que até já trabalhei escalando torres de telecomunicações. Minha vertigem combina metade receio, metade ímpeto. O apelo surdo que nasc...

Presente sem chance de futuro

Rubem Penz Para as ciganas, o futuro pode ser lido nas linhas da mão – e diz a piada que elas costumam se ofender com quem tem mãos grossas. Para os árabes, bons e maus presságios são revelados nas manchas d...

Lavar as mãos antes de mais nada

Rubem Penz Quem circula nas ruas mais cedo ou mais tarde encontra aqueles que nelas moram. Quando os trajetos são de alguma forma rotineiros, cria-se certa intimidade com os habitantes do lugar. Mesmo que se...

Um caso de boemia crônica

Rubem Penz Proponho um teste de atenção: você reparou em algo novo na coluna? É sutil. É garrafal. De hoje em diante, o nome deste nobre endereço que ocupo no Metro Jornal passa a ser “Crônicas de botequim”....

Centímetros de vida

Coluna do Metro Jornal em 12.11.13  Sempre que se fala no gênero crônica, as definições teimam em apontar para termos diminutivos: irrisório, diz Fernando Sabino; efêmero e sobre fatos miúdos, segundo Afrâni...