Número 422

Rubem Penz

Quem um dia, durante a infância, não levou um chega pra lá da faxineira? Um chispa daqui, um vai procurar a tua turma? Essas profissionais pragmáticas lidam com um cronograma apertado: muitas tarefas a cumprir em pouco tempo. Também com a combinação nem sempre amistosa de movimentos amplos e objetos delicadíssimos. Logo, não encontram espaço para a diversão, para a criatividade ou mesmo para a poesia que uma sessão de limpeza parece oferecer.  Em outras palavras, faxina não combina com criança, por maior que seja a tentação de encontrar oportunidades quando a casa fica de pernas para o ar.

Uma sexta-feira de faxina e o exílio involuntário de uma menina no playground do edifício é justamente o ponto de partida do livro O mundo de Camila, Editora Projeto. Sua autora, Márcia do Canto, aproveita muito bem a situação para nos conduzir pelos caminhos do pensamento da protagonista. Através dele, revela o quanto uma criança está atenta ao entorno de si. Também nos faz notar uma sutil, porém determinante, diferença entre o perceber e o compreender: ancorados na certeza de que uma criança não compreende a complexidade das relações tecidas na sociedade, corre-se o risco de pensar que aos pequenos passam batidos os nossos conflitos. Então, surge a voz de Camila para revelar – denunciar? – o óbvio: tudo vejo, tudo sei, tudo sinto.

Um dos méritos da obra, no entanto, está em permitir ao mesmo tempo duas leituras sobrepostas. Às crianças, Camila diverte, encanta, conduz com leveza por sua rotina. A mão hábil da autora oferta um discurso atento e puro, muito próximo daquele que escutamos de nossos pequenos. A identificação por parte deles, com isso, é imediata. Por outro lado, lacunas deixadas com perspicácia induzem o leitor adulto a completar o que não está dito com tudo o que é possível ser compreendido. Aos pais, este livro oferece o dobro de páginas, escritas em um denso e reflexivo subtexto. Nada ali aparece gratuitamente, em todas as passagens surge o importante alerta de que estamos, sempre, expostos.

Tudo isso no livro inaugural da autora é alvissareiro, mas não gratuito. Márcia do Canto carrega consigo uma considerável bagagem. Atriz, produtora de teatro, rádio e TV, comunicadora e psicopedagoga, Márcia conduz com Ineida Aliatti desde 2007 o programa Alô Pai e Mãe, transmitido semanalmente pela Rádio FM Cultura (RS) e outras emissoras. Nascido para dar voz tanto aos especialistas (pedagogos, psicólogos, psiquiatras) quanto aos leigos (pais, mães, avós, tios), o encontro semanal diante do microfone tem se mostrado um grande fórum de debates. Mal comparando, as pessoas são convidadas para participarem de uma espécie de faxina nas relações familiares e sociais.

O mundo de Camila termina com a protagonista indagando se já não estaria na hora de voltar para casa para o almoço. Neste ponto, nós, leitores adultos, já fizemos uma limpeza em muitos conceitos. Resta saber se nossos movimentos amplos não partiram algum sentimento mais delicado. Ou se a casa permaneceu de pernas para o ar.


Visite-me em:
www.rubempenz.com.br
www.rufardostambores.blogspot.com

Textos Relacionados

4 Respostas

  1. Marcelo Rosa Gomes, da Florida.

    Amigo Rubem, Não conheço o livro, mas posso apostar que o teu texto acima caberia muito bem na sua (do livro) orelha. Pelo que li, o livro retrata muito o que já vivemos. Hoje, como pais, estamos do outro lado, o do enxotador. Raro achar uma boa faxineira, trocamos muitas horas de lazer pelo aspirador e mop, ferramentas que eu já domino com maestria. MP3 atolado no ouvido, volume no 9 e vamulá. Abçs. Marcelo.

    Responder
  2. Rubem Penz

    Marcelo,
    A autora, além de ser uma boníssima pessoa, é muito atenta para as agruras e prazeres da maternidade/paternidade. Aprendemos muito com a troca de ideias, e, também, não nos sentimos sós no meio do labirinto.
    Muito grato pelo comentário, abraços intercontinentais,
    Rubem

    Responder
  3. Anonymous

    Querido Rubem
    Obrigada pelo teu comentário sobre o livro “O Mundo de Camila”. É muuuito legal ver a nossa obra pelos olhos de outras pessoas. Olhos inteligentes e sensíveis como os teus então é uma honra. abçs Márcia

    Responder
  4. Rubem Penz

    Márcia,
    Eu é que sou grato pelo Mundo de Camila ter cruzado meu caminho. Mais: impressionado ao ponto de eu desejar compartilhar com os frequentadores do blog meus sentimentos sobre o livro. Beijos, parabéns,
    Rubem

    Responder

Comentar

Your email address will not be published.