Donde há de vir e julgar

Rubem Penz E se depois de tudo, lá adiante, num dia qualquer de sol ameno, cálido, lembrar do amigo por ele ter o zelo de servir um café temperado com cravo da índia, explicando o quanto isso suaviza o amargor, isso será muito ou pouco? E se for encontrada uma dedicatória de sincero afeto naquele […]

Donde há de vir e julgar ler o texto »