Presente sem chance de futuro

Rubem Penz Para as ciganas, o futuro pode ser lido nas linhas da mão – e diz a piada que elas costumam se ofender com quem tem mãos grossas. Para os árabes, bons e maus presságios são revelados nas manchas da borra do café (existirá futuro descafeinado?). Há quem adivinhe o destino através dos relevos […]

Presente sem chance de futuro ler o texto »