WhatsApp sem fio

Rubem Penz Lembram-se da brincadeira do telefone sem fio? Um colega dizia “x” no ouvido de outro, que repetia para o seguinte, este para o próximo e assim prosseguia até completar o círculo de crianças traze...

Minha turma na História

Rubem Penz Hoje quero me dirigir aos mais velhos (como eu) para ser lido, especialmente, pelos mais novos. É que o tempo faz coisas estranhas com a gente, e contemplá-lo, sorver o tempo, traz tanto assombro ...

Sobre escolhas e alternativas

Rubem Penz O tiro que atingiu um bebê ainda dentro da barriga de sua mãe, no Rio de Janeiro, deu-me a impressão de atravessarmos um novo portal na escalada da violência. Algo parecido com a transposição de f...

Exame oftalmo(i)lógico

Rubem Penz Há uma nova estratégia para angariar militantes na política brasileira com mais segurança, denominado exame oftalmo(i)lógico. Trata-se de uma ferramenta extremamente útil para medir a visão seleti...

Aplausos e vaias ao iceberg

Rubem Penz Esses dias liguei a TV num programa de variedades enquanto finalizava o almoço. Foi quando a entrevistadora chamou para o palco dois dos primeiros bailarinos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro...

Tsunami versus conta-gotas

Rubem Penz No encontro das horas, nos pratos da balança, nos exames de consciência, vamos de mal a pior, ou de mal a melhor? Boa pergunta. E pude auferir algumas respostas na semana passada, pois tive...

Quando já não mais

Rubem Penz Quando já não mais inocência, ainda que a maturidade cobre léguas de distância, estamos sujeitos ao clamor das novidades, ao castigo dos hormônios, às – aparentemente – eternas e insolúveis dúvida...

Por um risque e rabisque

Rubem Penz Estou por um risque e rabisque para ter a vida organizada. Preciso apenas lembrar de comprá-lo. Para quem não sabe do que se trata, trato de explicar: risque e rabisque é um grande bloco de fol...

Seja lá como for

Rubem Penz Se fosse fácil, todos fariam; se fosse difícil, ninguém faria; se impossível fosse, muita gente faria de tudo para provar que consegue fazer. Se fosse tranquilo demais, daria sono; se, ao contr...

Das coisas que aprendi nos discos

Rubem Penz Como eu vivi e tudo o que aconteceu comigo foi permeado, de alguma forma, pelas canções de Belchior, compositor cearense falecido neste domingo. Por dois motivos, um nada trivial e outro bem prosa...