Rufar dos Tambores

Pode começar a se deprimir, quando…

Número 440

Rubem Penz

Livros, sites, artigos e palestras de autoajuda prometem uma vida melhor, mais feliz e realizada para todos. Aproveitando a onda, vou dedicar umas linhas para aqueles que curtem uma depressãozinha. Gostam de sofrer. Existe isso! Não deve ser o seu caso, claro. Mas valem as dicas, para quando mudar de ideia:

Pode começar a se deprimir, quando… Todos os seus amigos, colegas de trabalho e parentes se queixam por receberem milhares de spams, mas nem essas mensagens chegam a seu endereço eletrônico.

Pode começar a se deprimir, quando… O cartão de aniversário que você ganhou no escritório está com outro nome escrito por baixo do seu, e nem tiveram a decência de apagar direito.

Pode começar a se deprimir, quando… O flanelinha vem correndo em sua direção gritando “bem cuidado, aí!” e, enquanto você sorri oferecendo a moeda, ele passa direto, mirando outro carro, reluzente.

Pode começar a se deprimir, quando… Diante da árvore de Natal, o único para quem não havia presentes é você. E, ao reparar nisso, tardiamente, sua mãe diz que esqueceu lá no armário. Porém, vai buscar levando um pacote vazio, que volta com um par de meias do seu falecido pai.

Pode começar a se deprimir, quando… A menina do bufê no qual você almoça há cinco anos sabe o nome de todos, identificando a comanda antes mesmo de falarem. Menos a sua.

Pode começar a se deprimir, quando… No sorteio do amigo secreto, um colega olha para você, coça a cabeça e pede para fazerem tudo de novo, alegando que tirou a si mesmo. E o nome dele está no seu papelzinho.

Pode começar a se deprimir, quando… A melhor coisa que aconteceu para você durante o ano foi ultrapassar o número de pontos na carteira de motorista, permitindo-lhe fazer o curso de reciclagem e conhecer novas pessoas.

Pode começar a se deprimir, quando… Na assembléia de condomínio, houver 30 minutos de desesperado empurra-empurra entre os vizinhos para saber quem aceita ser o novo síndico, logo depois de você ter lançado o seu nome.

Pode começar a se deprimir, quando… Aquela creche que você nem sabe se existe mesmo, ou se é golpe, passa a ligar pedindo que você suspenda o depósito bancário, pois não consta mais no cadastro de colaboradores.

Pode começar a se deprimir, quando… No cartão de dia dos pais, seu filho lhe desenha com uma raquete nas mãos. E quem, na verdade, joga tênis é o cara que começou a namorar de sua ex-mulher há pouco mais de uma semana.

Pode começar a se deprimir, quando… Em casa, apenas o seu cão demonstra algum contentamento em ver você. Mesmo assim, exclusivamente nas horas das refeições e de passear.

Pode começar a se deprimir, quando… Ninguém ri de suas melhores piadas, ao mesmo tempo em que se dobram em gargalhadas quando você está tentando falar sério.

Pode começar a se deprimir, quando… Todos os amigos de sua esposa vão aturdidos visitá-la na maternidade e, vendo que o nenê se parece com muito você, dizem, com alívio, “nossa, ainda bem!”.

Pode começar a se deprimir, de verdade, quando… Todos acharem essa crônica exagerada e cheia de hipóteses improváveis, mas, mudando um detalhe aqui e outro ali, ela é a história de sua vida.


Visite-me em:
www.rubempenz.com.br
www.rufardostambores.blogspot.com

Comentários
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo