Algo que não tem preço!

RUBEM, QUERIDO MESTRE,

AQUI VÃO MINHAS CONSIDERAÇÕES SOBRE TUA OFICINA. SÃO TOTALMENTE SINCERAS. SE QUISERES APROVEITÁ-LAS, NO TODO OU EM PARTE, OU FAZENDO MODIFICAÇÕES E CORRIGINDO O PORTUGUÊS, TE DEIXO À VONTADE.

A OFICINA DE CRÔNICAS DO RUBEM PENZ SUPEROU MINHAS EXPECTATIVAS. IMAGINAVA QUE, APÓS AS CONSIDERAÇÕES INICIAIS E ALGUMAS EXPLICAÇÕES SOBRE O GÊNERO, ESTARIA DOMINANDO O ASSUNTO. QUE ENGANO! HAVIA MUITO MAIS A APRENDER. RECEBEMOS FARTO E SISTEMATIZADO MATERIAL SOBRE OS DIVERSOS TIPOS DE CRÔNICA: COM ESTRUTURA DE CONTO, DE RESENHA, SOBRE DATAS E EFEMÉRIDES, EVOCANDO A MEMÓRIA E ASSIM POR DIANTE. ACOMPANHAVAM AS INFORMAÇÕES, FRAGMENTOS EXEMPLARES DE CRÔNICAS DE EXCELENTES E CONHECIDOS ESCRITORES.

QUANTO AO RUBEM, COM SUA MÃO DE MESTRE, NÃO SE LIMITOU A NOS INICIAR NAS TÉCNICAS. FEZ MUITO MAIS. AO APROVAR NOSSA PRODUÇÃO – COM GENEROSIDADE E ENTUSIASMO – OU AO APONTAR NOSSAS FALHAS E EQUÍVOCOS – SEMPRE OBJETIVO E GENTIL – NOS INCENTIVOU A NÃO DESANIMAR E PROSSEGUIR.
SEI QUE APRENDI MUITO, MAS NÃO TUDO, POIS O RUBEM – GRANDE CRONISTA – TEM MUITO MAIS A ENSINAR.

OBRIGADA, RUBEM!
MEU ABRAÇO AFETUOSO,
JUSSARA

gostou? comente!

Scroll to Top