Amor

Um bálsamo chamado desilusão

Número 506 Um bálsamo chamado desilusão Rubem Penz O amor quando acontece A gente esquece logo que sofreu um dia Ilusão João Bosco É comum apontarmos alguém de olhar cabisbaixo, caminhar arrastado, respiração miúda entremeada de longos suspiros e, por conhecer o motivo, lamentar sua condição: padece de uma sombria fossa amorosa. Algo tão arrebatador …

Um bálsamo chamado desilusão ler o texto »

Scroll to Top